Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Impacto negativo da pandemia em todos os modos de transporte de passageiros; tráfego no acesso à internet por banda larga continuou a aumentar
Estatísticas dos Transportes e Comunicações
Impacto negativo da pandemia em todos os modos de transporte de passageiros; tráfego no acesso à internet por banda larga continuou a aumentar - 2020
05 de novembro de 2021

Resumo

Em 2020, o impacto negativo da pandemia COVID-19 verificou-se em todos os modos de transporte, tendo-se registado decréscimos no número de passageiros transportados por ferrovia (-41,7%), metropolitano (-47,8%), rodovia (-42,0%) e fluvial (-42,8%), após as variações positivas registadas no ano anterior (+18,9%, +10,6%, +4,2% e +6,7%, em 2019, pela mesma ordem). O transporte aéreo de passageiros registou o maior impacto, com uma diminuição de 69,4% do movimento de passageiros nos aeroportos e aeródromos nacionais (+6,8% em 2019).

O transporte de mercadorias apresentou decréscimos menos acentuados: na via aérea (-29,4%, +12,0% em 2019), na ferrovia (-10,6%, -8,4% em 2019), no modo marítimo (-7,0%, -5,6% em 2019) e no transporte rodoviário em veículos nacionais (-14,8%, -2,2% em 2019).

O volume de tráfego associado ao acesso à internet por banda larga alcançou os 10,1 mil milhões de GB, tendo crescido de forma extraordinária (+60,6%, após +28,7% em 2019 e +44,8% em 2018).

Consulte a Publicação


Destaque
Download do documento PDF (322 Kb)